Site Notícias Demonstrativo - Sua fonte de notícias na cidade de ...

'Call of Duty: WWII' marca retorno da série de games de tiro à 2ª Guerra Mundial

Jogo foi anunciado oficialmente nesta quarta-feira (26) e será lançado em 3 de novembro para PS4, Xbox One e PCs.

A série de games de tiro "Call of Duty" irá retornar à 2ª Guerra Mundial em "Call of Duty: WWII", anunciado oficialmente pela produtora Activision nesta quarta-feira (26). O jogo será lançado em 3 de novembro para PlayStation 4, Xbox One e PCs.
Esse é o primeiro "Call of Duty" que acontece no grande conflito mundial em quase 10 anos. Até então, "Call of Duty: World at War", de 2008, era o último da série na 2ª Guerra.
De lá para cá, "Call of Duty" alternou histórias na Guerra Fria, em cenários modernos e até em ambientes futuristas, como "Call of Duty: Infinite Warfare", de 2016, que foi muito criticado pelos fãs por acontecer no espaço e se distanciar das origens da franquia.

Chamado do dever

De acordo com a Sledgehammer Games, desenvolvedora de "Call of Duty: WWII", a história do novo jogo acontece na Europa entre os anos de 1944 e 1945 e fala sobre "homens e mulheres comuns fazendo coisas extraordinárias para preservar a liberdade".

O game terá missões no Dia D, na invasão da Normandia, e em outros eventos famosos da 2ª Guerra Mundial. Um deles é a Batalha na Floresta de Hürtgen, na Alemanha, considerado o conflito mais longo em solo alemão durante a guerra.

A Sledgehammer e a Activision não entraram em detalhes sobre os modos multiplayer de "Call of Duty: WWII", que devem ser revelados apenas durante a feira E3 2017, em junho, em Los Angeles (EUA).

Fonte

g1.globo.com
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

'Call of Duty: WWII' marca retorno da série de games de tiro à 2ª Guerra Mundial

g1.globo.com

A série de games de tiro "Call of Duty" irá retornar à 2ª Guerra Mundial em "Call of Duty: WWII", anunciado oficialmente pela produtora Activision nesta quarta-feira (26). O jogo será lançado em 3 de novembro para PlayStation 4, Xbox One e PCs.
Esse é o primeiro "Call of Duty" que acontece no grande conflito mundial em quase 10 anos. Até então, "Call of Duty: World at War", de 2008, era o último da série na 2ª Guerra.
De lá para cá, "Call of Duty" alternou histórias na Guerra Fria, em cenários modernos e até em ambientes futuristas, como "Call of Duty: Infinite Warfare", de 2016, que foi muito criticado pelos fãs por acontecer no espaço e se distanciar das origens da franquia.

Chamado do dever

De acordo com a Sledgehammer Games, desenvolvedora de "Call of Duty: WWII", a história do novo jogo acontece na Europa entre os anos de 1944 e 1945 e fala sobre "homens e mulheres comuns fazendo coisas extraordinárias para preservar a liberdade".

O game terá missões no Dia D, na invasão da Normandia, e em outros eventos famosos da 2ª Guerra Mundial. Um deles é a Batalha na Floresta de Hürtgen, na Alemanha, considerado o conflito mais longo em solo alemão durante a guerra.

A Sledgehammer e a Activision não entraram em detalhes sobre os modos multiplayer de "Call of Duty: WWII", que devem ser revelados apenas durante a feira E3 2017, em junho, em Los Angeles (EUA).

Publicidade