Site Notícias Demonstrativo - Sua fonte de notícias na cidade de ...

Astronautas russo e americano decolam em direção à ISS

Russo Fiodor Yurchikhin está em sua quinta missão espacial e americano Jack Fischer viaja ao espaço pela primeira vez.

Uma nave Soyuz com um astronauta russo e outro americano decolou nesta quinta-feira (20) da base de Baikonur, no Cazaquistão, com destino à Estação Espacial Internacional (ISS).
A MS-04 decolou às 7h13 GMT (4h13 de Brasília) com o comandante russo Fiodor Yurchikhin, que está em sua quinta missão espacial, e o engenheiro americano Jack Fischer, que viaja ao espaço pela primeira vez.
O voo orbital deve durar quase seis horas e o acoplamento da nave à ISS está previsto para 13h GMT (10h de Brasília).

A tripulação da ISS inclui, desde novembro, o francês Thomas Pesquet e os americanos Peggy Whitson e Shane Kimbrough.

Pela primeira vez desde 2003, a nave Soyuz transporta apenas dois astronautas, em vez de três, depois que a agência espacial Roskosmos decidiu em novembro do ano passado reduzir a tripulação russa da ISS por questões orçamentárias até a instalação de um módulo para um novo laboratório científico.

Fiodor Yurchikhin, 58 anos, já passou 537 dias no espaço em suas quatro missões anteriores.

Fonte

g1.globo.com / France Presse
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Astronautas russo e americano decolam em direção à ISS

g1.globo.com / France Presse

Uma nave Soyuz com um astronauta russo e outro americano decolou nesta quinta-feira (20) da base de Baikonur, no Cazaquistão, com destino à Estação Espacial Internacional (ISS).
A MS-04 decolou às 7h13 GMT (4h13 de Brasília) com o comandante russo Fiodor Yurchikhin, que está em sua quinta missão espacial, e o engenheiro americano Jack Fischer, que viaja ao espaço pela primeira vez.
O voo orbital deve durar quase seis horas e o acoplamento da nave à ISS está previsto para 13h GMT (10h de Brasília).

A tripulação da ISS inclui, desde novembro, o francês Thomas Pesquet e os americanos Peggy Whitson e Shane Kimbrough.

Pela primeira vez desde 2003, a nave Soyuz transporta apenas dois astronautas, em vez de três, depois que a agência espacial Roskosmos decidiu em novembro do ano passado reduzir a tripulação russa da ISS por questões orçamentárias até a instalação de um módulo para um novo laboratório científico.

Fiodor Yurchikhin, 58 anos, já passou 537 dias no espaço em suas quatro missões anteriores.

Publicidade